Dieta Ortomolecular

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Você já tentou fazer todas as dietas que conhece e nenhuma deu o resultado esperado? Está na hora de você conhecer a dieta ortomolecular: uma dieta especial, feita sob medida pra você, de acordo com as necessidades do seu organismo. A dieta não tem como objetivo emagrecer de fato, mas sim equilibrar os níveis de elementos essenciais (viaminas, minerais, aminoácidos, gorduras, etc.) e, com isso, eliminar tudo o que está sobrando no organismo, inclusive a gordura e os quilinhos extras. Saiba mais detalhes sobre a dieta molecular.

foto de alimento da dieta ortomolecular

Foto: http://files.comunidades.net/dietaregime/

Dieta Ortomolecular – Como fazer

Para fazer a dieta ortomolecular você precisará de um acompanhamento de um nutricinista. O especialista solicitará exames para constatar quais elementos estão sobrando e faltando no seu organismo. Depois de analisar os resultados, você irá conhecer uma dieta especial, conforme suas necessidades, além de alguns suplementos vitamínicos e minerais indicados para que haja equilíbrio no seu organismo.

Alguns críticos argumentam que, se há necessidade de suplementação, a dieta não está sendo feita de maneira balanceada. Já os contra-argumentos são que alguns organismos demoram mais para absorver certos nutrientes ou simplesmente necessitam deles em maior quantidade do que seria possível em uma dieta balanceada.

Dieta Ortomolecular – Cuidados com a alimentação

Apesar de existir um cardápio criado especialmente para as necessidades de cada pessoa, existem alguns cuidados gerais que devem ser observados na dieta ortomolecular.

Alguns alimentos permitidos:

  • Feitos com farinha integral
  • Proteína animal o mais natural possível.
  • Frutas e verduras livres de pesticidas e agrotóxicos.
  • Antioxidantes (amêndoa, aveia, avelã, castanha-do-pará, gérmen de trigo, grão de bico, levedo de cerveja, linhaça, soja
  • em grão)
  • Ricos em magnésio (cereais, legumes e nozes)
  • Proteínas com baixo teor de gordura (aves, peixes e clara de ovo)

Alguns alimentos proibidos:

  • Manteiga e margarina
  • Bebidas alcoólicas
  • Leite de vaca
  • Carne vermelha (somente a magra pode ser lberada)
  • Produtos industrializados
  • Adoçante (liberado apenas para diabéticos)

Algumas dicas importantes:

  • Beba muita água. Água auxilia em todos os mecanismos e devem ser ingeridos, no mínimo, 2l de água por dia. Esse consumo é importante para o trabalho dos pulmões, rins e fígado.
  • Alimente-se a cada duas à, no máximo, quatro horas.
  • Siga seu cardápio à risca. Não pule ou substitua as refeições, isso irá alterar o balanço de nutrientes do seu organismo.
  • Mesmo depois da dieta ter chegado ao fim, matenha uma alimentação saudável, preferindo por alimentos frescos e naturais.

Que tal uma dieta com um cardáprio pronto e muito famosa nos Estados Unidos? Descubra como funciona a Dieta South Beach.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *